Entrevista com Pe. Geraldo Lelis, ocs, no 2º Dia da Novena do Jubileu

Queridos fieis, a Pastoral da Comunicação conversou com o Pe. Geraldo Lelis, ocs, ao final da Celebração da Santa Missa. Confira:

 

 

Pascom: Pe. Geraldo, quando o senhor trabalhou aqui na Paróquia Nossa Senhora de Fátima?

Pe. Geraldo: Eu trabalhei aqui não como padre, mas como irmão. Eu tinha apenas 16 para 17 anos, e foi precisamente no ano de 1985. Na época aqui trabalhava, como pároco, o Pe. José Minutti e eu o auxiliava como irmão.

 

Pascom: O que mais te marcou no trabalho desenvolvido na Paróquia?

Pe. Geraldo: Levei daqui muitas coisas boas. Até hoje percebo uma Igreja muito viva, muito atuante. Já naquela época havia pastorais, movimentos, sobretudo o trabaho que era realizado (e ainda hoje) com as famílias - o ECC. A piedade, a devoção a Maria e, principalmente, uma espiritualidade eucarística. Isso é algo que trago ainda hoje e percebo isso na paróquia, em todos vocês.

 

Pascom: O que o senhor deseja para os próximos anos para a paróquia?

Pe. Geraldo: Como disse durante a Missa, que sejam perseverantes, atuantes, promovendo a vida. Mesmo à distância eu acompanho o trabalho, a dedicação e o empenho de vocês. Espero que sejam perseverantes, que não desanimem, que continuem se apresentando como promotores e defensores da vida. Que sigam construindo e fortalecendo o Reino de Cristo não só nesta realidade chamada Taguatinga, Brasília, mas em todo o país. Vocês estão de parabéns!

 

Agradecemos com muito carinho, todo o trabalho desenvolvido pelo senhor, Pe. Geraldo, em nossa comunidade. Que Deus o cubra de bençãos e força para ser perseverante sempre. Conte com nossas orações e nosso carinho!

 

Acompanhe, abaixo, um trecho da homilia do Pe. Geraldo Lelis, ocs, na Celebração do 2 Dia da Novena do Jubileu de Ouro da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

Tema: “A vocação Universal à Santidade na Igreja: hierarquia, leigos e religiosos”.

"A santidade é um convite de Deus a nós para que possamos dar frutos. Ser santos é dar frutos de vida.

Estamos vivendo um momento muito esperado por Deus! Este Deus nos abraça, nos aproxima e nos agradece pelo empenho de toda a comunidade paroquial. Ele agradece a você, por toda sua dedicação ao longo desses 50 anos. Agradece o seu "ser igreja" durante todo esse tempo de caminhada. Ao mesmo tempo Ele nos convida a viver a perseverança em nossos dias como participantes ativos dessa comunidade paroquial.

Ele tem se mostrado um Deus próximo e que te pede PERSEVERANÇA! E nos lembra que a Igreja começa em nosso lar e se estende a nossa paróquia. O chamado à perseverança é designado em ambos os locais que habitamos: A igreja começa na tua casa! Por isso, eis o sussurro de Deus: "CORAGEM!". Essa é a proposta que Deus faz a todos, principalmente a você - CORAGEM!

A sua Paróquia faz 50 anos e muito de nós nos encontramos tristes, desanimados. Porém há um Deus que além de te agradecer por todo feito, te convida à perseverança e pede a você que entregue suas misérias e tudo aquilo que devasta a sua santidade! No Jubileu de sua pequena porção de fiéis, a Paróquia agradece, pede essa perseverança e, acolhe as suas tristezas, angústias, os seus vícios.

Nessa noite, se  coloque nas mãos de Deus! Hoje, mais uma vez, você é convidado(a) a DAR FRUTOS DE VIDA em meio a tantas mortes, tanta violência! Somos chamados a ser santos e quem é santo deve produzir e dar frutos! Somos chamados a ser um Deus na nossa casa - igreja doméstica - para sermos um referencial de vida a quem está lá. Pai, mãe, filho, avô, avó, produzam uma família, mas uma família de Deus! Lembrem-se de amá-la, de dizer "Eu te amo, meu filho... Eu te amo, minha filha" isso é dar frutos de santidade, através da família, onde o amor e a vida acontecem!

Ser santo é fazer extraordinariamente o que se deve fazer! Para tanto, nós devemos nos voltar à fonte, que é Jesus Cristo, Santo dos Santos, fonte de toda santidade!

A mensagem de Deus na nossa segunda noite de novena preparatória para o Jubileu de 50 anos nos diz que Ele se aproxima, que nos agradece com um abraço. E pede: "Coragem meu filho(a)!". Um Deus que nos pede, também, santidade! Um Deus que nos pede frutos, como uma fé viva, como vimos na 2ª leitura: uma fé viva que anima a esperança e que leva à caridade! FÉ, ESPERANÇA E CARIDADE! AMÉM, ASSIM SEJA!"

 

No 2 Dia da Novena, foi apresentado um vídeo sobre a história do Movimento JOIA em nossa paróquia. Assista ao vídeo, clicando aqui.

 

Clique aqui para conferir as fotos do 2 Dia.

 

Por Pastoral da Comunicação PNSF


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Calendário Paroquial 2017

Homilia

Como foste fiel na administração de tão pouco, vem participar de minha alegria.
Evangelho - Mt 25,14-30 - 19/11/2017 - Pe. Durvano Ap. Dourado Porto - pároco

Ouça essa e outras homilias, clique aqui.

Sorteio Ação entre Amigos